Você está aqui: Início Imprensa Volta à Ilha ASICS 2012 mantém o espírito da competição e traz novidades

Volta à Ilha ASICS 2012 mantém o espírito da competição e traz novidades

E-mail Imprimir PDF
Ainda será noite quando os primeiros atletas integrantes das 400 equipes que participam
do 17° Revezamento Volta à Ilha ASICS iniciarem a conquista dos 140 km de percurso
em torno da Ilha de Santa Catarina. Com largada definida a partir das 4h15 do dia 14 de
abril, a competição esse ano apresenta novidades no percurso. Dividido em 19 seções,
tem mais trilhas, morros e até uma travessia de barco. Ao todo, serão 3.700 corredores
que, além de competir, irão desbravar os limites de algumas das mais belas paisagens de
Florianópolis, como Praia Brava, Jurerê Internacional, Santinho, Joaquina e Campeche.
Criada em 1996, o Revezamento Volta à Ilha ASICS é a primeira corrida por equipes de
longo percurso do Brasil. “A essência do evento é a interação entre os grupos de
competidores durante todo o dia. São momentos muito intensos em um curto espaço de
tempo, e tudo associado à beleza da capital catarinense”, afirma Carlos Duarte,
idealizador da prova e diretor-presidente da Eco Floripa Eventos Esportivos.
Após 17 anos, a competição se consolidou no calendário nacional. “Hoje, a corrida é
uma das mais procuradas no país. Como temos número limitado de participantes e uma
grande procura de equipes ou atletas, precisamos fazer sorteio de parte das vagas. Outra
parte das vagas são reservadas àqueles que participaram 6 anos ou mais, ou venceram
na categoria em alguma das provas da Eco Floripa no ano anterior ”, conta Duarte.
O Revezamento Volta à Ilha ASICS consegue agregar atletas com diferentes perfis de
preparos físicos, devido ao número de competidores por equipe e a diversificação das
categorias. Na categoria participação, podem concorrer até 12 atletas com idade mínima
de 12 anos, enquanto na veterana são oito integrantes com mais de 50 anos. Entre as
oito categorias disponíveis, a grande dificuldade recai nas pernas e esforço de quem
compete em dupla, pois dois atletas enfrentarão o desafio de dar uma volta inteira na
Ilha de Santa Catarina. Mas a maior expectativa do público é, com certeza, acompanhar
o percurso e chegada das equipes de elite, que se preparam arduamente para a prova.
“Só para se ter uma ideia, os grupos que não têm tanta preparação costumam largar
durante a madrugada de sábado e completar o percurso no início da noite. Já os atletas
de elite, largam às 7h30 e cruzam a chegada por volta das 15h30, 16h. É preciso ter um
ritmo acelerado para concluir a prova em cerca de 9h”, conta o organizador do evento.
Realizado anualmente, a corrida teve seu percurso variado entre 155 km e 150 km para
completar o contorno da Ilha de Santa Catarina. Este ano, embora 10 km menor que o
habitual, o revezamento ganhou em dificuldade e emoção em alguns trechos. Além do
tradicional Morro do Sertão, onde a estrada é de chão batido e o desafio tem 250 metros
de altitude com subida e decida íngremes, esta edição apresenta algumas novidades,
como a travessia de barco entre o Sambaqui e a praia da Daniela, que ocorrerá dentro da
seção 4 sem cronometragem de tempo. Também há dois novos trechos de trilha que exigirá bastante dos competidores, um ao final da seção 7 (com uma subida de 180
metros de altitude em trilha) e outro no início da seção 8.
Solidariedade
A Eco Floripa Eventos Esportivos irá doar parte do valor da inscrição de cada atleta
para a Sociedade Espírita de Recuperação, Trabalho e Educação - Serte, localizada no
bairro Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis. Atualmente, a Serte atende a 63
velhinhos no Lar Irmão Erasto e a 25 crianças no Lar Seara da Esperança. Tem ainda
um educandário, o Lar de Jesus, para 120 alunos da comunidade.
Confraternização
Nos dias 12 e 13 de abril, será realizada uma feira de exposições e venda de artigos
esportivos, no Majestic Palace Hotel. No mesmo local, dia 15 de abril, às 9h30, haverá a
entrega de premiação aos atletas vencedores do 17° Revezamento Volta à Ilha ASICS.
Esses dois momentos serão mais uma forma de integração e confraternização entre
atletas, familiares e convidados. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no
Volta à Ilha ASICS acumula prêmios
A mais recente edição da Revista Viagens e Turismo, de 2012, premiou o Revezamento
Volta à Ilha ASICS como a 5ª melhor corrida do mundo. A Revista O2 entregou o
troféu de “Evento de corrida mais admirado do Brasil”, nos anos de 2007, 2008 e 2009,
ao organizador da prova, Carlos Duarte. Esse reconhecimento foi destacado também por
outras importantes revistas especializadas do ramo. A Revista Mens´s Health a elegeu,
em 2007, como a “Melhor Corrida do Brasil”, deixando a Corrida de São Silvestre no
segundo lugar. Em 2006 e 2007, os leitores da Revista Running Brasil consideraram a
prova como o “Melhor Evento de Aventura” do país.

Ainda será noite quando os primeiros atletas integrantes das 400 equipes que participam do 17° Revezamento Volta à Ilha ASICS iniciarem a conquista dos 140 km de percurso em torno da Ilha de Santa Catarina. Com largada definida a partir das 4h15 do dia 14 de abril, a competição esse ano apresenta novidades no percurso. Dividido em 19 seções, tem mais trilhas, morros e até uma travessia de barco. Ao todo, serão 3.700 corredoresque, além de competir, irão desbravar os limites de algumas das mais belas paisagens de Florianópolis, como Praia Brava, Jurerê Internacional, Santinho, Joaquina e Campeche.

Criada em 1996, o Revezamento Volta à Ilha ASICS é a primeira corrida por equipes de longo percurso do Brasil. “A essência do evento é a interação entre os grupos de competidores durante todo o dia. São momentos muito intensos em um curto espaço de tempo, e tudo associado à beleza da capital catarinense”, afirma Carlos Duarte, idealizador da prova e diretor-presidente da Eco Floripa Eventos Esportivos. 

Após 17 anos, a competição se consolidou no calendário nacional. “Hoje, a corrida é uma das mais procuradas no país. Como temos número limitado de participantes e umagrande procura de equipes ou atletas, precisamos fazer sorteio de parte das vagas. Outra parte das vagas são reservadas àqueles que participaram 6 anos ou mais, ou venceram na categoria em alguma das provas da Eco Floripa no ano anterior ”, conta Duarte.

O Revezamento Volta à Ilha ASICS consegue agregar atletas com diferentes perfis de preparos físicos, devido ao número de competidores por equipe e a diversificação das categorias. Na categoria participação, podem concorrer até 12 atletas com idade mínima de 12 anos, enquanto na veterana são oito integrantes com mais de 50 anos. Entre as oito categorias disponíveis, a grande dificuldade recai nas pernas e esforço de quem compete em dupla, pois dois atletas enfrentarão o desafio de dar uma volta inteira na Ilha de Santa Catarina. Mas a maior expectativa do público é, com certeza, acompanhar o percurso e chegada das equipes de elite, que se preparam arduamente para a prova. “Só para se ter uma ideia, os grupos que não têm tanta preparação costumam largar durante a madrugada de sábado e completar o percurso no início da noite. Já os atletas de elite, largam às 7h30 e cruzam a chegada por volta das 15h30, 16h. É preciso ter um ritmo acelerado para concluir a prova em cerca de 9h”, conta o organizador do evento.

Realizado anualmente, a corrida teve seu percurso variado entre 155 km e 150 km para completar o contorno da Ilha de Santa Catarina. Este ano, embora 10 km menor que o habitual, o revezamento ganhou em dificuldade e emoção em alguns trechos. Além do tradicional Morro do Sertão, onde a estrada é de chão batido e o desafio tem 250 metros de altitude com subida e decida íngremes, esta edição apresenta algumas novidades,como a travessia de barco entre o Sambaqui e a praia da Daniela, que ocorrerá dentro da seção 4 sem cronometragem de tempo. Também há dois novos trechos de trilha que exigirá bastante dos competidores, um ao final da seção 7 (com uma subida de 180metros de altitude em trilha) e outro no início da seção 8.

Solidariedade
A Eco Floripa Eventos Esportivos irá doar parte do valor da inscrição de cada atleta para a Sociedade Espírita de Recuperação, Trabalho e Educação - Serte, localizada no bairro Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis. Atualmente, a Serte atende a 63 velhinhos no Lar Irmão Erasto e a 25 crianças no Lar Seara da Esperança. Tem ainda um educandário, o Lar de Jesus, para 120 alunos da comunidade.

Confraternização
Nos dias 12 e 13 de abril, será realizada uma feira de exposições e venda de artigos esportivos, no Majestic Palace Hotel. No mesmo local, dia 15 de abril, às 9h30, haverá a entrega de premiação aos atletas vencedores do 17° Revezamento Volta à Ilha ASICS.Esses dois momentos serão mais uma forma de integração e confraternização entreatletas, familiares e convidados. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site http://www.ecofloripa.com.br/voltailha/.

Volta à Ilha ASICS acumula prêmios
A mais recente edição da Revista Viagens e Turismo, de 2012, premiou o Revezamento Volta à Ilha ASICS como a 5ª melhor corrida do mundo. A Revista O2 entregou otroféu de “Evento de corrida mais admirado do Brasil”, nos anos de 2007, 2008 e 2009, ao organizador da prova, Carlos Duarte. Esse reconhecimento foi destacado também por outras importantes revistas especializadas do ramo. A Revista Mens´s Health a elegeu, em 2007, como a “Melhor Corrida do Brasil”, deixando a Corrida de São Silvestre no segundo lugar. Em 2006 e 2007, os leitores da Revista Running Brasil consideraram a prova como o “Melhor Evento de Aventura” do país.

Patrícia Pinheiro
Assessora de Comunicação - SC 51011-JP
Telefone: (48) 9656-2033
e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
skype e twitter: patvitara
Texto: Erich Casagrande 

 

Última atualização ( Qua, 28 de Março de 2012 15:30 )